segunda-feira, 16 de março de 2009

sabugal, sabugo, sabugosa, sabugueiro

estes fitotopónimos referem-se à presença do arbusto "sabugueiro" (lat. sambucus), são comuns em Portugal, na Galiza, nas Astúrias e em León.

Sabugal (Pt.)
Sabugo (Pt., Le. e As.)
Sabugos (Gz.)
Sabugosa (Pt.)
Sabugueira (Gz.)
Sabugueiras (Gz.)
Sabugueiro (Pt. e Gz.)
Sabugueiros (Gz.)
Sabugueses (Pt.) - aldeia de gente oriunda de Sabugo (As.?)

5 comentários:

Anônimo disse...

(Não tem a ver com este post, mas...)Referiu algures neste site que os rios dantes eram femininos. Quando é que deixaram de o ser? Onde
posso encontrar mais informações sobre o assunto?
Francisco Fernandes, Vila das Aves

o viajante disse...

um dos vestígios de que os rios eram femininos é, precisamente, a "Vila das Aves". Não se chama assim por causa de quaiquer pássaros especiais, mas sim por causa das "duas" Aves: o rio Ave e o Rio Pequeno Ave, ou Avicela, ou Vizela.
os nossos irmãos galegos, que falam uma variante nortenha da nossa Língua dizem "A Limia" para designar "o Lima".

Lengo D'Noronha disse...

Caro Jose Cunha,

Após um tempo de hibernação, volto a visitar os interessantes sítios do amigo. Hoje fiz uma 'viagem' pelos outros 'falares' e 'olhares'.

Grande abraço desde Florianópolis.

o viajante disse...

grande abraço pra você, Lengo.

Luis Filipe Gomes e Silvia Cunha Pedro disse...

Estou radiante. É um gosto ler tudo o que escreve.