sexta-feira, 25 de junho de 2010

bande (Pt. e Gz.), bandoiva (Pt.), bandova (Pt.), banduagem (Pt.)

estes topónimos parecem estar associados às águas serranas e, através delas, à sua divinização sob a forma céltica Band- e suas variantes (Bandi, Bandio, Bandua, Bandoga). a divinização das águas através do teónimo Band- é muito frequente no norte de Portugal e da Galiza, pelo que não admirará que tenha permanecido na toponímia, quer diretamente quer influenciando a inflexão de palavras semelhantes de outra origem. de facto, não é seguro que "Bande" derive diretamente das águas divinizadas dos celtas do noroeste peninsular. pode resultar das tradicionais villae de proprietários rurais com nomes como Vanatus ou Bandus no genitivo. mas a influência do teónimo parece incontornável.
acresce dizer que Bandova é o nome de um ribeiro de montanha afluente do Mondego.
ver também Banduagem (Comentº de Anónimo).

2 comentários:

Anônimo disse...

Conheço a ribeira de Bandugem, nascida em Fontes, na encosta norte do Marão.

Outra divindade calaica tutelar das alturas e dos fenómenos atmosféricos seria Reva. Conhece algum topónimo relacionado com este teónimo?

o viajante disse...

obrigado pela achega. quanto a Reva, vou saber. certo é que pelas montanhas são frequentes os topónimos Relva,Relvio,Relvios...