sábado, 4 de novembro de 2006

Sevilha


este topónimo aparece em Portugal em transposições do nome da cidade andaluza, mas também existe uma Sevilha, em Tábua, que me parece uma designação de origem.
para deslindar a etimologia de Sevilha há que remontar a épocas anteriores ao domínio de Roma.
gregos e romanos adaptaram o vocábulo de língua desconhecida, ao qual deram a forma Hispalis. os árabes, adaptando por sua vez o topónimo já latinizado, chamaram-lhe Ixbília - de onde descende em linha directa o actual nome Sevilha.

onde não existe uma luz que nos abra caminho, há quem enxergue neste topónimo um vocábulo semita, pois que sefelah significa "chão, lugar plano", em hebraico, e safal significa "fundo, baixo", em árabe. a primeira acepção convém à Sevilha andaluza, a segunda acepção encaixa melhor na Sevilha de Tábua.
se a etimologia semita fizer vencimento, o vocábulo terá sido trazido pelos fenícios. coisa pouco ou nada impossível, dada a localização de ambas junto de velhas rotas comerciais daqueles mercadores mediterrânicos.

(uma outra hipótese é uma origem tartéssica, mas aí o topónimo fica completamente às escuras).


topónimos derivados:

Corte Sevilha
Sevilhão - significa "lugar povoado por gente oriunda de Sevilha"


10 comentários:

abud disse...

interssante demais o seu blog amigo! obrigado pelo link! abraços

Nóbrega disse...

Mas se a origem for "sefelah" ou mesmo "safal" - que são sem dúvida muito próximas fonéticamente da actual pronunciação de Sevilha - como teria passado de uma destas duas ao latim Hispalis?

Sefelah => Sevilha

Parece-me fazer sentido a evolução da palavra;


Sefelah => Hispalis

(isto numa perspectiva de que foram os romanos o povo que chegou imediatamente à cidade, rebaptizando-a)
Já não me parece haver ligação.

Isto é, claro, a minha opinião, a minha interpretação, que fica aberta a discussão.

Nóbrega

o viajante disse...

é claro que partilho das suas dúvidas.
de qualquer modo, não é dito que vem de "sefelah", nem de "safal", mas de uma vocábulo aparentado, numa língua semita próxima do hebraico e do árabe, no caso o fenício.
mas não há certezas num topónimo tão antigo.
já na hipótese tartéssica, é possível ver semelhanças entre Hispalis e Hispania. mas...

Nóbrega disse...

Gostaria de colocar aqui uma ligação para uma discussão acerca do nome de Espanha e Iberia:

http://www.celtiberia.net/foroq.asp?idp=2499

Para uma leitura pousada, pois tem muita informação. E claro, como em qualquer forum de discussão, as opiniões divergem. Poderá não servir para tirar alguma conclusão, mas que tem questões interessantes...

Cumprimentos,

Nóbrega

o viajante disse...

obrigado pela achega
um abraço

Calidonia disse...

Agora dou em pensar, quiçá com excesso de superficialidade, na vocaçom marítima de Hispalis como porto de mar, e resaltar a semelhança com das raízes Isp- e Esp- presentes em nomes como Espinho, Esposende e Espasante (Ortegal, Galiza), todos portos de mar. Há debates inconclusos acerca da até onde chegaram os fenícios cara ao Norte pela fachada atlântica peninsular.

o viajante disse...

sem dúvida: uma boa questão.
para estudar

Calidonia disse...

Quiçá ache interessante esta ligaçom.

o viajante disse...

muito bom link. obrigado

Julie Carvalho disse...

A título de Curiosidade, Sevilia é o nome de uma amante de César, mãe do traidor Brutus, conforme a série Roma da HBO.