terça-feira, 19 de setembro de 2006

As Fontes




... pois começaria por perguntar o que vem a ser uma fonte. ...e a resposta é... boa pergunta!
pedindo ajuda à sinonímia, encontramos falsos sinónimos, tais como "emanação", "manancial", "nascente", "bica", que mais são variedades do que a mesma coisa. a água nasce como lhe calha melhor. e isso é uma fonte. mas a água não nasce toda igual: uma é fria, outra quente, outra nem fria nem quente, uma nasce numa charca, outra em bica, outra em sete, outra em mil. uma traz ferro outra não traz, uma é muita e outra é pouca. uma é santa e outra é mais. uma é boa e outra mata. e assim, consoantemente, vai tendo o nome que merece...ou nem por isso.
não faz muito tempo, ouvi contar que a inspeção sanitária se lembrou de fazer análises à qualidade da água milagreira de certa fonte santa. e encontrou o que ninguém quis: não sei quantas bactérias e venenos que, tudo somado, fazia uma poção bem perigosa. vai de selar a fonte e proibir a sua utilização. foi o bom e o bonito. o povo levantou-se, tirou a selagem, montou piquete, enfim, fez gato-sapato da inspeção sanitária e análises correlativas. a fonte santa continuou santa e o povo devoto da fonte. porque santidade é santidade, não se mede com análises nem de bata branca


Alcabideche - variante fónica de Alcabideque

Alcabideque - em árabe:"manacial", fonte. é uma charca onde borbulha a água que nasce, tal como em "Fonteminha" e tamém em "Ançã"

Bica

Chiqueda - é a nascente do rio Alcoa, em Alcobaça. tem longa fama de fonte sagrada. penso que "chiqueda" será equivalente de "charca"

Fonfría (Gz.) - ver "Fonte Fria"
Fonsagrada (Gz.)
Fonseca
Fontaínha (Pt., Gz. e Br.)
Fontaínhas (Pt., Gz. e Br.)
Fontaínho (Pt. e Gz.)
Fontanheira
Fontão
Fonte Arcada
Fontarcada
Fonte Boa (Pt., Gz. e Br.)
Fonte da Cheira
Fonte da Pulga

Fonte da Urina - não é o que parece. pronúncia popular: "fonte da ourina" (ou será "fonte dourina"?). alguém alvitrou ser uma confusão com "fonte taurina", hipótese académica pouco provável tendo em conta a fonética. merecia que lhe fosse corrigido o nome escrito

Fonte de Ançã - é um pleonasmo: "fonte da fonte". ver foto
Fonte de Martel

Fonte do Bispo
Fonte do Castanheiro
Fonte do Ídolo
Fonte do Ramilo
Fonte dos Clérigos
Fonte dos Olhos - aqui, "olhos" está por olhos-d'água
Fonte do Vale

Fonte Errada - trata-se de um equívoco de transcrição da fonética para a escrita, pelo que ficou errada duas vezes

Fonte Fria

Fonte Histórica - em Chelo, Penacova. é "histórica" porque está referenciada desde o século XII. fora isso, é uma "fonte santa" - motivo por que mereceu essa referência e por que continua a ser procurada

Fonteira
Fonteita - o mesmo que "fonte telhada"?
Fontela (Pt. e Gz.) - do latim "fontanella": fontinha
Fontelo (Pt. e Gz.) - pronúncia: "Fontêlo"

Fonteminha ou Fontemiña (Gz.) - à letra e na realidade: "nascente do Minho"

Fontenla (Gz.) - é a forma evolutiva imediatamente anterior a "Fontela"

Fonte Nova

Fonterma - será o contrário de "fonte fria"? ou é "fonte erma"? aqui decide a fonética, que desconheço: "fontèrma" ou "fontêrma"?

Fonte Santa
Fonte Seca (Pt. e Gz.)
Fonteseca (Gz.)
Fontiela
Fontinha (Pt. e Gz.)
Fontoura (Pt. e Gz.)
Milfontes
Sete Fontes

Torre - em certos casos, a "torre" está pelo euskera "iturri" (fonte). e pode bem suceder que "torre" e "iturri" coincidam, já que algumas nascentes estão defendidas por torres militares, dado o carácter estratégico de que se revestem ou revestiram. é o caso de "Alcabideque" (Condeixa)


5 comentários:

JG disse...

Belo trabalho de investigação. Interessantíssimo. Parabéns.

Obrigado pelo link.
Abraço

D'Noronha disse...

Posso acrescentar Bicas do Meio, distrito do município de Itajubá- Minas Gerais, onde se inicia o rio Sapucaí.

D'Noronha disse...

Fiquei sabendo agora que Bicas do Meio se emancipou com município e se chama Wenceslau Brás.

o viajante disse...

obrigado. estou investigando mais.
seja bem re-aparecido. andava um pouco fugido daqui...
eu também. sabe, isto de férias, na Europa, é um pouquinho mais generoso do que por aí, tanto quanto julgo saber...
...e não volte a chamar-me de "mestre", por favor. se alguma coisa me dá mesmo prazer não é ensinar, nem saberia. é mesmo e só aprender.
aquele abraço,
desde Coimbra.

ps: por que não dar uma espiada no meu outro blogue "testemunhocular"? ninguém liga pra ele...

Paulo Jorge Ferreira disse...

Caro Amigo,

Permita-me antes de mais elogiar o seu excelente trabalho. Apenas gostaria de acrescentar que na Freguesia de Fonte Arcada, Concelho de Penafiel, segundo a "voz do povo" este topónimo advém do facto de existir no Lugar da Aldeia, desa mesma freguesia, uma "fonte arcada". É certa a sua existência, mas a origem do nome será a correcta?

Também existe um fontenário/lavadouro público a que chamam Fontaínha.

Abraço,
Paulo Jorge Ferreira

NOTA 1): Três dos Lugares desta freguesia são Vila, Fundo de Vila e Cimo de Vila.

NOTA 2): Por curiosidade consulte o site da Junta de Freguesia de Fonte Arcada www.jf-fontearcada.pt. Tem lá um pequeno trabalho sobre toponímia, bastante interessante.