domingo, 13 de janeiro de 2008

canga e cangas

apesar de aqui e ali virem referenciados ao latim cannica(s), os topónimos "Canga" e "Cangas" são, muito provavelmente, de origem linguística pré-romana. o topónimo nasceu nas Astúrias, onde encontramos as muito antigas Cangas de Onís e Cangas de Narceo. no séc. XII aparece nos documentos Cangas do Morraço na Galiza. o diminutivo "Canguelas" aparece na toponímia andaluza sob a forma "Picón de Las Canguelas". e como a Toponomástica está cheia de homofonias entre línguas diferentes, só para exemplo há em Angola o Rio Cutato das Canguelas, sendo que, nesse caso, "Canguelas" ou "N'Canguelas" é um etnónimo e nada tem que ver com Cangas.
sendo o topónimo Cangas originário das Astúrias, a melhor pista para o seu significado é o Bable, a língua asture-leonesa, tamém chamada vieya fala, de que o impropriamente chamado "mirandês" constitui um subdialecto. ora, segundo Rato de Argüelles (1891), "o nome de Cangas provém das choças ou cabanas em que viviam os habitantes dos povoados, as quais, cobertas de palha ou de urze em lugar de telhas, deviam o nome ao conjunto de paus entrelaçados que se colocavam por cima para evitar que o vento levasse a cobertura". a ser assim, os topónimo Canga, Cangas e Canguelas seriam, de certo modo, sinónimos de "Cabana", "Cabanas" e "Cabanelas", respectivamente.
as teorias latinófilas que referem o significado de "canavial" ou de "vale profundo e estreito" carecem de comprovação factual no terreno.

alguns topónimos derivados de "Canga" ou "Cangas":

Cangas de Foz (Gz.) ver Comentº de Malvelinha
Cangas de Narceo (Ast.) - ver aqui
Cangas de Onís (Ast.) - ver aqui
Cangas do Morraço (Gz.)

Cangas (Br.) - são topónimos antroponímicos. homenagem a alguém de sobrenome Cangas. ou transposições dos topónimos galegos ou asturianos? ver Comentº de Jolorib.

Picón da Las Canguelas (And.)
Rua da Canga - em Aguiar da Beira (Pt.)


4 comentários:

Jo Lorib disse...

Aqui no Brasil, citando sem consultar nenhum livro, não os tenho aqui, o termo canga e o derivado cangote tem o sentido de nuca, ou mais preciso, a região entre os ombros, seja de um homem ou de um animal.Dá-se o nome de canga àquela peça que prende os bois ao carro, por onde exerce a tração. Eu não me lembro de uso do termo como antropônimo. Acho que se usava também como sinônimo de trave, o pau ou viga que vai por cima, no mesmo sentido que cabana.

o viajante disse...

olá, amigo Jo.
esse é também o significado de "canga" aqui. mas a questão não é essa. a questão é de onde vem o topónimo "Canga", que não tem o mesmo sentido, e é muito antigo mesmo. provavelmente a ideia de "segurar", "subjugar", "prender uma coisa a outra" estará contida, desde o início, na palavra "canga", que depois foi adquirindo outros significados consoante as circunstâncias.
sobre a origem dos topónimos "Canga" do Brasil, é assunto que merecerá mais investigação.
o seu comentário é precioso, pois me dá conta de que canga "se usava também como sinônimo de trave, o pau ou viga que vai por cima, no mesmo sentido que cabana".
não foi fácil fazer caminho nesta questão. quase todos os livros consultados vão na hipótese do canavial ou do vale estreito e profundo, o que não condiz com quase nenhuma das Cangas que conheço.
aquele abraço

Malvelinha disse...

Olá!

No norte da Galiza também há Cangas de Foz (entre Foz e Burela)

o viajante disse...

obrigado, Malvela!