sábado, 23 de dezembro de 2006

Topónimos Brasileiros Que Fazem Sorrir

aqueles que se interessam pela Taxonomia toponímica têm aqui a oportunidade de inventar um nome grego para uma gaveta classificativa relativamente pacífica. se bem que o sentido de humor varie muito de pessoa para pessoa, ainda assim será mais consensual que a oro e a fitotoponímia, por exemplo.

aqui tenhem alguns topónimos brasileiros que fazem sorrir, tal como existem topónimos portugueses e galegos que fazem sorrir também. e uma curiosa lição que se tira deste apontamento é que a razão de ser, o significado original, de um topónimo esquece muito depressa. muitos dos nomes de cidades que se seguem não tenhem nem cem anos de existência e já possuem várias explicações alternativas. e o mesmo aconteceu em topónimos galegos e portugueses:

Braço do Trombudo (Santa Catarina) - ainda se discute a quem pertence a tromba

Capão Bonito (São Paulo) - embora bonito, este "capão" não foi comprado na Feira de Freamunde. é mais um exemplo de homofonia e hibridismo entre duas línguas, neste caso o tupi-guarani e o português. "Capão", aqui, é palavra nativa que significa "mato redondo", ou seja, uma zona de mato isolada num panorama mais árido

Carrasco Bonito (Tocantins)
Deserto do Além (São Paulo)
Feliz Deserto (Alagoas)
llha Solteira (São Paulo)
Lagoa da Confusão (Tocantins)
Laranja da Terra (Espírito Santo)
Milho Verde (Minas Gerais)

Pareci Novo (Rio Grande do Sul) - na realidade pareci, mas não pareço. poderia ser "Novo Parecy". e "Parecy" é o nome de uma tribo indígena. destas homofonias e hibridismos entre línguas diferentes está a Toponímia cheia.


Passabém (Minas Gerais)
Passa Quatro (Minas Gerais)
Passa Sete (Rio Grande do Sul)

Passa Tempo (Minas Gerais) - além do nome, esta cidade tem o particular de estar situada numa região de assombrações e UFO (OVNIS)

Passa-Vinte (Minas Gerais)
Passa-Vinte Velho (Minas Gerais)

Porto Ferreira (São Paulo) - em Portugal, "Porto Ferreira" é uma conhecida marca de vinho do Porto

Santa Rita do Passa Quatro (São Paulo) - essa é uma explicação para o nome "Passa Quatro". mas tem mais

São João dos Patos (Maranhão)
São José dos Ausentes (Rio Grande do Sul)
São Miguel do Passa Quatro (Goiás)

São Thomé das Letras (Minas Gerais) - vale a pena conhecer a história desta cidadezinha mineira e a explicação do seu nome. tal como "Passa Tempo", é zona de misticismo e de suspeitas de contacto extra-terrestre

Trombudo Central (Santa Catarina)
Varre-Sai (Rio de Janeiro)
Venha Ver (Rio Grande do Norte)
Vila Nova dos Martírios (Maranhão)
Vitória da Conquista (Bahia)

2 comentários:

Jo Lorib disse...

Porto Ferreira foi realmente um porto fluvial muito utilizado até o advento da ferrovia, em terras do Sr. Ferreira.
Para Passa Quatro existem várias hipóteses bem trovadas, mas nenhuma comprovada, ou mesmo plausível.
Ilha Solteira, ilha fluvial isolada das demais, acabou virando uma hidrelétrica, que deu origem à cidade na margem do Tietê.
Capão é bonito em escabeche (é esse o termo quando é cosido no vinagre?)
Vamos ver que nome vai ter essa escudela.Abraços

o viajante disse...

"capão" é um termo nortenho para frango ou galo capado. não sei se é bom em escabeche (o termo é esse). o gourmet é você :)