terça-feira, 2 de janeiro de 2007

vila acima, vila abaixo




o topónimo "vila" tem dois sentidos: o primeiro, refere-se a uma instalação agrícola com zona residencial, de serviços e agro-pecuária. é o equivalente a "quinta", "sítio" (Br.), "monte" (Pt. Alentejo).
o segundo sentido refere-se à zona central de um núcleo urbano. este sentido prevaleceu em Francês para designar "cidade" (ville); em Portugal designa, hoje em dia, um núcleo urbano secundário.
aqui interessa-me referir as "villae" agrícolas. grande parte delas foram já referenciadas nos topónimos de origem germânica, em que perdurou a forma genitiva do nome do proprietário original. também há genitivos de proprietários romanos ou com nome latino. e, finalmente, há os casos em que sobreviveram a "villa" e o nome do seu proprietário no genitivo (exº "Vila Nune").


vão aqui alguns exemplos dessas "villae":

Bela Fria - variante dialectal (Algarve) de "Vila Fria"
Cabo da Vila
Cimo de Vila
Cinco Vilas
Fondevila (Pt. e Gz.) - o mesmo que "Fundevila"
Fundevila - ver "Fundo de Vila"
Fundo de Vila
Vil - forma apocopada de "vila"
Vila Alva

Vila Boa - "Vila Boa de Goiás" era o nome de uma cidade brasileira, hoje chamada apenas "Goiás"

Vila Boa de Ousilhão
Vila Boim - "villa" de um senhor que tinha por sobrenome "Aboim"

Vila Cã - oficialmente "Vila Chã" até 2003, o seu nome foi corrigido em 22 de Agosto daquele ano

Vilaça - forma aumentativa de "vila"
Vilaças
Vilacete - também grafado "Vila Cete". ver post
Vila Chã - o mesmo que "quinta plana"
Vilacoba (Gz.) - ver "Vila Cova"
Vila Cova
Vila Cova a Coelheira
Viladala

Vila de Milho - ao que se diz, é a forma anterior de "Verdemilho" (ver Comentº de Gundibaldo). fui investigar. parece que sim. mas há autores de nomeada que ignoraram o facto e tentaram explicar a forma actual à maneira deles. no entanto, "Vila de Milho" resolvendo um problema levanta dois: o primeiro é que provavelmente se pronunciaria "Vildemilho" e não "Vila de Milho", caso contrário não se explica facilmente a evolução para "Verdemilho"; o segundo é o que quer dizer "Milho". inclino-me para supôr que seja o nome do proprietário inicial: "Emílio". como se sabe, a palavra "Milho", seus derivados e parentes levantam muitas questões em Toponímia.

Vila d'Este -
Vila de Suso (Gz.) - o mesmo que "quinta de cima". ver post
Vila do Mato
Vila Fernando
Vila Fresca
Vila Fria
Vila Garcia (Pt. e Gz.)
Vila Lobos
Vila Longa
Vilalva
Vila Maior - aqui "maior" no sentido de "grande"
Vilamar
Vila Marim - "villa" e o genitivo do antropónimo "Marino"

Vilameá (Gz.) - reproduz melhor a pronúncia nortenha (Pt.) de "Vila Meã". ver "Vila Meã"

Vila Meã - o mesmo que "quinta mediana", ou a meia altitude em relação a outras (as "susãs" e as "jusãs")

Vila Mende - a "villa" e o genitivo do antropónimo "Mendo"
Vila Monim - a "villa" e o genitivo do antropónimo "Múnio"
Vila Nova (Pt. e Gz.) - por oposição a outras mais antigas
Vilanova (Gz.)
Vila Nova de Anços
Vila Nune
Vila Pouca (Pt. e Gz.) - o mesmo que "quinta pequena"
Vila Rara - antiga "Villa Ralla". "rala" no sentido de "dispersa"?

Vilariça - a Toponomástica tem destas coisas. parece mas não é. não se trata de uma "villa", mas de um "valle": "Valle Aritia"

Vila Ruiva
Vilasanche (Gz.) - "villa de sancho"
Vilas Boas
Vilas Covas
Vilas Ruivas
Vila Seca
Vila Senhor (Gz.) - graf. altern. "Vilaseñor"
Vila Susã - o mesmo que "quinta de cima". ver "Vila de Suso"
Vila Suso - ver "Vila de Suso"
Vila Vedra - o mesmo que "quinta velha (antiga)"
Vila Velha (Pt. e Gz.) - ver "Vila Vedra"
Vila Verde (Pt. e Gz.) - ver "Vila Vedra"
Vilaxusá (Gz.) - o mesmo que "Vila Jusã" ("quinta de baixo"). ver post
Vil de Covas
Vil de Matos
Vil de Moinhos
Vildemoinhos
Vil de Souto
Vilela (Pt. e Gz.) - forma diminutiva de "vila"
Vilelas
Vil Montes
Vilouchada (Gz.) - do lat. "villa ustulata" : "quinta, ou fazenda, queimada"



3 comentários:

Gundibaldo disse...

Apesar da proposta etimológica de Maio de 2006 no TGPB, julgo que também Verdemilho (Aradas, Aveiro) poderá ser incluída neste grupo, pois trata-se da antiga "Vila de Milho" que até à (re)organização territorial do início do séc. XIX pertenceu ao concelho de Ílhavo.
Tudo terras de tradição marítima e povoamento (em parte) galego.

Um abraço e bom ano!

Nóbrega disse...

Curioso o facto de ter um amigo cujos sobrenomes são Vilela Vilaça. Assim seguidos mesmo: "(...) Vilela Vilaça". E começou por ouvir detrminadas pessoas a chamarem-no por Vilela. Ao passo que outras lhe chamavam Vilaça. Uma vez perguntei, decidido a acabar com a dúvida: "Oub'lá... és Vilela ou Vilaça?!"; ao que ele me responde: "Sou Vilela Vilaça..."; e eu ripostei: "Ninguém se chama Vilela Vilaça!!"
Porém, nunca tinha relacionado o significado dos nomes. E tão pouco sabia o significado de Vilela, confesso. Apenas achava que os dois apelidos não combinavam entre si!


Abraço,

Nóbrega

o viajante disse...

Gundibaldo,
como viu, tomei em devida conta a sua observação.muito obrigado pela importante achega.

Nóbrega,
o seu amigo V.V. é, quase de certeza, nortenho como nós, mas, realmente, podia ter um nome com mais variedade fonética e etimológica :)

um excelente 2007 para ambos os dois.