domingo, 11 de fevereiro de 2007

Pateira



"Pateira" (pronunciar pàteira) aparece em Portugal e na Galiza. refere-se a um pântano, charca ou paúl. é o paraíso do pato bravo, uma ave-de-arribação agora debaixo de olho das autoridades (por ser potencial portadora de H5N1).
o pato tem aquela patusca compulsão para seguir. não lhe apetece nadar nem voar sozinho. a imaginação não lhe dá para mais: para onde vai o primeiro tem de ir o segundo.
estranha psique tem o pato.
há "Pateira" simples e composta. destas, a mais conhecida é a "Pateira de Fermentelos", na região de Aveiro.

topónimos relacionados com o pato:

Ilha dos Patos (Br.)
Lagoa dos Patos (Br.)
Patã
Pataias
Pateira (Pt. e Gz.)
Pateira de Fermentelos
Pateiras
Patos (Pt. e Gz.)
S. João dos Patos (Br.) - ver post





3 comentários:

Calidonia disse...

Pato e Patao som apelidos nom infrecuentes na Galiza.

Pantón ou Pantom é nome de um concelho da Ribeira Sacra, e deve referir um pantano ou pântano.

A pergunta é se é posíbel que o topónimo pato dereive também de pântano...

o viajante disse...

há a situação de "Pataias" e "Patã", cuja relação etimológica com "pato" não é segura. mas, como os "pântanos"
são quase sempre lugares de "patos", pode haver uma contaminação etimológica e uma convergência fonética, tão frequentes na Toponímia. em "Pantom" a relação com "pântano" é mais plausível.
como sobrenome, "Patinho", "Pato", "Patto", são relativamente frequentes em Portugal tamém.
um abraço de Coimbra para Fene.

hmscroius disse...

Dever-se-á equacionar a hipótese de a origem das palavras em questão poderem radicar no termo latino patenna (taça) ou com forma de taça. Parece difícil que ocorra aí o zootopónimo pato pela associação de pântano/pato, só porque os patos lá param. Como se tratam de áreas pantanosas, lagoas ou gândara, é mais provável a associação depósito/ água, taça/ patenna/ pântano. Cumprimentos.